Os controlos e saldos da autoridade cristã

Os controlos e saldos da autoridade cristã

INTRODUÇÃO

 

Pano de fundo… recapitulação dos últimos sermões…

Marcos 9. 30-37

A) A PROMESSA DA MORTE IMPENDENTE DO SENHOR – Marcos 9. 30-32

Por que Jesus continuou falando de sua morte? Mark 9. 31

Por que você acha que eles estavam com medo de perguntar a ele sobre sua morte? Marcos 9 32

B) A LITÍGIO SOBRE A GRANDEZA – Marcos 9. 33-34

O principal problema que os discípulos tinham era o orgulho. Como o orgulho se mostra entre os cristãos? Como podemos notar orgulho em nós mesmos? Mark 9. 33-34

C) A NECESSIDADE DE HUMILDADE – Marcos 9. 35

Descreva o coração de um servo. Marcos 9 35

Por que uma criança é um excelente exemplo de humildade?

D) O EXEMPLO DE UMA CRIANÇA – Marcos 9. 36-37

O que o versículo 37 significa?

 

 

CONTROLOS E SALDOS – Também conhecido como FREIOS E CONTRAPESOS.

Ou VERIFICAÇÃO E BALANÇOS.

 

Verificações e balanços é um sistema para garantir que um departamento não exceda seus limites ou para evitar fraudes e erros. Na maioria dos governos hoje, o sistema de freios e contrapesos é definido para ser uma sentinela sobre a separação de poderes, equilibrando os ramos separados do governo.

Em um sistema de freios e contrapesos, a autoridade para tomar uma ação, ou tomar uma decisão, cabe a um departamento, enquanto a responsabilidade de verificar a decisão ou ação cabe a outro. Para explorar esse conceito, considere a seguinte definição de verificações e balanços.

 

Definição de Controlos e Saldos

Substantivo

 

Um sistema no qual várias divisões de uma organização têm poderes que afetam ou controlam outras divisões, de modo que nenhuma divisão se torna muito poderosa ou minimiza o erro.

Há limites colocados em todos os ramos do governo, dando a cada ramo o direito de anular ou alterar as ações de outro ramo.

 

Origem

1787 Data de origem na Constituição dos EUA

 

Há um aspecto da vida cristã que nos é outorgada uma autoridade e uma tarefa a ser cumprida. Mas muitas vezes os crentes correm um perigo real e iminente de nos afastarmos e desviarmos da nossa função e razão de vida, que é servir a Cristo. Vejamos na Escritura como manter o foco e a fidelidade a Deus através do que MARCOS 9.38-50 E TIAGO 5.13-18 diz e o que se exige uma vez que compreendemos essa mensagem de Deus.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *